Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

iluminando

"Quem governa Portugal somos todos e não uma corte de iluminados em Lisboa" (António José Seguro, 23/07/2014)

iluminando

"Quem governa Portugal somos todos e não uma corte de iluminados em Lisboa" (António José Seguro, 23/07/2014)

"Abram alas para Seguro"

Gonçalo Clemente, no Quando os Lobos Uivam: As primárias do PS. Antecedentes :o pecado orginal

 

"[...]

Acontece que ser líder do PS e, ainda mais, ser Primeiro-Ministro não é um prémio de carreira, nem um louvor de serviços prestados. Admito que Seguro quisesse e tenha feito tudo dentro dos cânones do ‘business as usual’ da política (que ele tanto critica agora, mas enfim), mas a política não é um sítio com progressões automáticas e lugares garantidos. Vivemos tempos excepcionais em que é fundamental ter as melhores soluções e apresentar as melhores alternativas, o custo do falhanço é demasiado alto. Em circunstâncias normais Seguro continuaria líder do PS e seria Primeiro-Ministro, mas não nas actuais circunstâncias, não com os riscos que corremos!

[...]"

 

 

Autores

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D