Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

iluminando

"Quem governa Portugal somos todos e não uma corte de iluminados em Lisboa" (António José Seguro, 23/07/2014)

iluminando

"Quem governa Portugal somos todos e não uma corte de iluminados em Lisboa" (António José Seguro, 23/07/2014)

O posicionamento estratégico e ideológico dos candidatos

 

André Freire, no Público: As primárias no PS, a reforma institucional e a ideologia

 

«[...]
Uma análise mais cuidada das duas moções, em matéria de combate às desigualdades e de políticas sociais, empreendida pela politóloga Rita Ferreira (PÚBLICO, 22-8-2014), veio contrariar as teses da maioria dos comentadores: «até agora, nesta área, não sendo divergente, António Costa foi bastante mais claro do que António José Seguro na afirmação de um dos principais princípios do socialismo democrático.» Com o presente artigo, eu gostaria de acrescentar duas dimensões fundamentais para caracterizar o posicionamento estratégico e ideológico dos dois candidatos. Por um lado, quer no caso dos partidos políticos quando se apresentam a eleições, quer no caso dos candidatos às lideranças partidárias, os competidores que se apresentam a sufrágio nunca são apenas julgados pelas suas propostas, são-no também pela sua atuação concreta anterior. Por outro lado, há o tema da reforma do sistema eleitoral que, embora não seja efetivamente um tema de conflito entre a esquerda e a direita, tem claras implicações para o posicionamento ideológico do PS, nomeadamente porque impende sobre a política de alianças. Também aqui há diferenças entre AC e AJS, que procurarei evidenciar.
[...]»

 

 

Autores

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D