Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

iluminando

"Quem governa Portugal somos todos e não uma corte de iluminados em Lisboa" (António José Seguro, 23/07/2014)

iluminando

"Quem governa Portugal somos todos e não uma corte de iluminados em Lisboa" (António José Seguro, 23/07/2014)

Um discurso anti-sistema colado com cuspo

São José de Almeida, no Público: Esbracejar político

 

"[...]

O secretário-geral do PS contribui assim para o descrédito do sistema político-partidário e desgasta ainda mais o que poderia ser uma real aposta numa revisão da lei eleitoral. E isto depois de ter feito o ilusionismo de tirar da cartola a solução das primárias, que, na forma como foram usadas, mais não são do que um subterfúgio para fugir a uma disputa directa da liderança do PS, para que foi desafiado. Assim, é a liderança que está em causa, mas sob a aparência de uma escolha de candidato a primeiro-ministro.

 

Com o seu esbracejar para tentar manter-se à tona, Seguro poderá estar a afundar mais o sistema partidário, mesmo que argumente que o faz para o reformar e combater a desconfiança dos cidadãos nos seus representantes. Num sistema político em que a representação é feita por partidos, brincar às iniciativas legislativas para encher o espaço mediático e para iludir eleitores não ajuda a aproximar ninguém. Apenas transmite a ideia de que se está a vender gato por lebre. E que não se tem nem ideias, nem vontade para resolver os problemas do país – apenas gerir o tempo e manter-se na pole position do acesso ao poder de governar, através de eleitoralistas promessas vãs, sem qualquer hipótese de virem a ser concretizadas.

[...]"

 

 

Autores

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D